Home Notícias Negócios voltados para população idosa viram franquia

    Negócios voltados para população idosa viram franquia

    VOLTAR

    Negócios voltados para população idosa viram franquia

    Fonte : Notícias

    Por ano, 670 mil pessoas no Brasil ultrapassam a barreira dos 65 anos e entram na terceira idade. Independente financeiramente e com tempo livre, essa população busca serviços e produtos que se adequem a seu perfil. “Há uma mudança na estrutura etária da sociedade. A indústria, o varejo e o setor de serviços precisam se adaptar a isso” diz Claudio Felisoni de Angelo, professor da FIA (Fundação Instituto de Administração), ligada a USP. A previsão é que o país tenha 30 milhões de idosos até 2025. “É uma oportunidade de negócio, sem dúvida, porque investir na terceira idade permite uma diferenciação de produto e serviço. Isso cria uma barreira em relação à concorrência”, afirma. Para a consultora do Sebrae-SP Ariadne Mecate, o idoso está atrás de qualidade de vida. “O perfil do idoso mudou. Hoje ele quer agir igual ao jovem, tem dinheiro e saúde, e pretende desfrutar dos prazeres da vida”, diz ela. O mercado de academias voltadas para o público da terceira idade está em ampla expansão. Com faturamento de R$100 mil por mês e crescimento de 20% ao semestre tornou-se um ótimo negócio para franquias.

    O médico Benjamin Apter, que criou há 12 anos a academia B-Active, voltada à terceira idade. Há três anos foi aberta a primeira franquia da marca. Atualmente, há quatro unidades de parceiros e duas próprias – uma em Campinas e o restante na capital paulista. O investimento para abrir uma unidade é de R$385 mil, com retorno previsto para 19 meses. “Estamos crescendo em termos de rede e de faturamento porque a prevenção é um fator chave hoje”, diz. Para De Angelo, da FIA, o empresário que investir nesse nicho precisa se preocupar com qualidade, já que as exigências dos clientes são maiores. Já Mecate destaque que é preciso ter um bom atendimento ao cliente e adaptar o espaço para receber os idosos. Em compensação, diz ela, o idoso é mais fiel do que o jovem. “É uma pessoa madura que não precisa se preocupar em poupar. Então se ela gosta de uma marca, vai continuar comprando sempre.” Entre os setores com maior potencial de crescimento, ela lista a área de execícios físicos, a de moda e a de turismo. Essa útima chamou a atenção de Cintia Paoleschi, 43. Ao lado da mãe, ela é dona da Cinthe Tur, agência de viagens especializada na terceira idade. A empresa fatura cerca de R$600 mil por ano. “As senhorinhas antes ficavam fazendo tricô em casa e agora querem mais passear e viajar” explica.

    Saiba mais: http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/09/1814214-negocios-voltados-para-populacao-idosa-viram-franquia.shtml

     

    • COMPARTILHE!

    CONVÊNIOS

    A B-Active possui inúmeros benefícios para você, por isso contamos com os melhores planos de saúde.
    Consulte o convênio disponível na unidade.

    SEJA ATIVO! COMECE AGORA

    Preencha os campos abaixo para começar o melhor da experiência B-Active!